header top bar

section content

Morre aos 95 anos, o poeta amazonense Thiago de Mello

Nascido em 1926 em Barreirinha, no Amazonas, Thiago sempre foi um grande defensor da natureza

Por Diário

14/01/2022 às 17h54 • atualizado em 14/01/2022 às 17h58

Amadeu Thiago de Mello. Foto: Reprodução / Youtube

O poeta e tradutor Thiago de Mello morreu nesta sexta-feira (14), aos 95 anos, em sua residência, em Manaus, de causas naturais.

Ele que é reconhecido um dos grandes autores da literatura regional. O poeta que conquistou fama internacional graças a poemas como o clássico Os Estatutos do Homem, escrito no mês de abril no ano de 1964, quando Thiago de Mello era adido cultural da embaixada do Brasil no Chile.

Nascido em 1926 em Barreirinha, no Amazonas, Thiago sempre foi um grande defensor da natureza.

“Para fazer algo em defesa da humanidade é preciso, em primeiro lugar, que cada um de nós tente persuadir pelo menos um companheiro, que cada um de nós faça qualquer coisa por este planeta Terra tão degradado”, afirmou, durante a Feira Internacional do Livro de Havana, em 2005.

O respeitado Amadeu Thiago de Mello será velado no Palácio Rio Negro, no centro histórico de Manaus.
SHOW DIÁRIO

EM SUA OFICINA

VÍDEO: Homem é morto com tiro à queima roupa, tentando defender o irmão durante briga na região de Patos

"INSTITUTO DIVINO"

VÍDEO: No programa Mensagem de Esperança, palestrante explica o que é a família na visão espírita

SORTUDOS

VÍDEO: Mulher de Cajazeiras e homem da região de Pombal são sorteados no Bilhete Social Doação da Sorte

AO VIVO

VÍDEO: Show Diário recebe o ator Ricardo Lacerda, o poeta Gilberto Filho e o cantor Cigano do Arrocha

Recomendado pelo Google: