header top bar

section content

VÍDEO: Concurso ‘Dançando com o Dodô Lambadão’ no Balanço Diário vai dar cem reais para melhor dançarino

A apresentação será no palco do programa na próxima sexta-feira (15). Para se inscrever basta entrar em contato pelo telefone (83) 99359-4996 e enviar nome e idade

Por Luiz Adriano

12/10/2021 às 11h19 • atualizado em 12/10/2021 às 11h31

O apresentador do programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão, Fernando Antonio, está promovendo um concurso de dança. Os selecionados para concorrerem terão que se apresentar no palco do programa na próxima sexta-feira (15).

O concurso ‘Dançando com o Dodô Lambadão’ vai presentear o melhor dançarino com o prêmio de R$ 100. Para se inscrever basta entrar em contato pelo telefone (83) 99359-4996 e enviar nome e idade.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Final do “Talentos do Sertão”, da TV Diário do Sertão, é marcada por emoção; veja os vencedores

Dodô Lambadão – artista da região de Cajazeiras.

HOMENAGEM

O nome do concurso é em homenagem ao artista Dodô Lambadão. Ele tem 52 anos e é da região de Cajazeiras. É um cara extrovertido e apaixonado por mulheres, separado e avô. Ele disse que ao se separar achou bom, porque segundo ele, poderia agora ficar livre para seguir a carreira artística.

PROGRAMA BALANÇO DIÁRIO

O Programa Balanço Diário vai ao ar pela TV Diário do Sertão de segunda à sexta-feira das 17h às 19h e é apresentado por Fernando Antonio. O formato é composto por entrevistas, notícias, utilidades públicas, entretenimento, entre outros pontos positivos que levam o ouvinte e telenauta a usufruir do melhor conteúdo.

SHOW DIÁRIO

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Colunista detona políticos corruptos e critica apoiadores que dizem “rouba, mas faz”

NO EXERCÍCIO DE 2012

VÍDEO: MPPB investiga ex-prefeito de Cajazeiras por suposta apropriação indébita previdenciária no IPAM

SUBIU O TOM

VÍDEO: Vereadora aliada de Tyrone critica Secretaria de Saúde e diz que existe fila para exames simples

CORAJOSO

VÍDEO: Homem que dorme em cemitério no Alto Sertão diz que não tem medo: “todo mundo tá morto mesmo”

Recomendado pelo Google: