header top bar

section content

Descubra quais são as 10 partes mais sujas do corpo

Mesmo depois de um bom banho, algumas partes do corpo são naturalmente muito sujas. Saiba quais são

Por Dicas Online

01/11/2019 às 09h16 • atualizado em 01/11/2019 às 09h24

Corpo humano e a saúde (Crédito: Freepik)

Existem milhões de micro-organismos que fazem parte do corpo humano de forma natural. Alguns tipos são bons e importantes para a manutenção da saúde, mas outros podem causar doenças e surgem por causa do contato com diversas superfícies e objetos no dia a dia. Por isso que é tão importante tomar banho, manter uma boa higiene pessoal, cuidar com o que vai comer e beber, além de se vacinar. Você sabe quais são as 10 partes mais sujas do corpo? Descubra agora e mantenha uma boa rotina de limpeza.

A sujeira que se acumula no corpo é normal e inevitável, até porque boa parte dela é invisível a olho nu. Mas a quantidade vai depender do estilo de vida e dos hábitos de higiene de cada pessoa. Confira quais são as partes que mais acumulam sujeira e descubra se a sua higiene pessoal está satisfatória.

1. Boca
Quando ocorre um pequeno machucado no dedo, por exemplo, as pessoas costumam colocá-lo imediatamente na boca, mas não deveriam. A boca é uma das partes mais sujas do corpo porque o ambiente ideal para as bactérias porque é quente e úmida.

Na sua cavidade bucal há mais de 100 milhões de micróbios por centímetro quadrado. Isso é muita coisa! Em média, 8 horas depois de você escovar os dentes, é comum a sua boca já estar repleta de estreptococos (espécie de bactéria). Por esse motivo, os especialistas recomendam que você limpe os dentes e a língua pelo menos 3 vezes, todos os dias.

2. Axilas
Muitas pessoas julgam que usar desodorante é o suficiente para assegurar a higiene das axilas. Porém, essa região do corpo exige mais cuidados, afinal, cada centímetro quadrado possui, aproximadamente, 80 mil bactérias.

Aliás, o típico odor do suor é o resultado da reação química da transpiração misturada com essas bactérias. Os pelos das axilas ainda conseguem melhorar as condições e facilitar a reprodução desses bichinhos. Por isso, limpe e seque muito bem essa região diariamente.

3. Cabeça
A parte da cabeça que conta com mais bactérias é o couro cabeludo, por isso ele entra na lista das partes mais sujas do corpo. A atividade desses bichinhos nas raízes do cabelo está na origem de caspa e coceira. Até hoje, os tricologistas não chegaram a um consenso sobre se você deve limpar o seu cabelo com maior ou menor frequência.

Por isso, a melhor indicação ainda é apelar para o bom senso: lave de acordo com a quantidade de cabelo que você tem, com as condições climáticas do lugar onde você mora e com a sua rotina diária. Busque o equilíbrio, sem exagerar na limpeza, pois o excesso também faz mal.

4. Orelhas
A cera do ouvido tem uma função essencial: essa substância lava e lubrifica o canal auditivo, além de defender a área interna do ouvido de interferências externas. Contudo, o excesso de cera, juntamente com poeiras e bactérias pode diminuir a capacidade de audição, podendo até causar uma infecção.

As orelhas internas não devem ser limpas com hastes tipo cotonetes. Deve-se apenas remover o excesso de cera que sai do ouvido sozinha e nunca colocar qualquer objeto pontiagudo, seja para limpar ou coçar. Pode dar uma breve limpada na orelha todos os dias no banho e secar até onde a toalha alcançar.

5. Língua
O tom da língua se prolonga muito além do vermelho: essa parte do corpo pode ser branca, amarela, verde e até cinza, no caso de doenças graves. Essas mudanças no tom se devem à hiperatividade de bactérias. No entanto, é normal ter um pouco de tom branco na língua, especialmente após as refeições.

Felizmente, essa cor pode ser facilmente removida através de uma boa escovação de dentes, no mínimo uma vez ao dia. Pode utilizar um limpador de língua, facilmente encontrado nos mercados e farmácias, para garantir uma limpeza completa.

6. Ânus
Essa é uma das partes mais sujas do corpo que certamente você já esperava ver na lista. No ânus há milhares de bactérias que, se chegarem à boca, podem provocar um distúrbio digestivo ou outros efeitos nada agradáveis. Mantenha essa região muito limpa, tanto após usar o banheiro quanto durante o banho, e lave muito bem as mãos após qualquer contato com a região anal.

7. Cavidade nasal
Todas as pessoas têm uma grande quantidade de micróbios no nariz, como os estafilococos (tipo de bactéria). Normalmente, eles não prejudicam a saúde porque o sistema imunológico controla a sua presença. Porém, não é aconselhável mexer no interior do nariz o tempo todo. Esse gesto pode danificar a mucosa, contribuindo para que os micróbios patogênicos consigam entrar mais facilmente na corrente sanguínea. A limpeza deve ser feita diariamente, ou sempre que sentir algo incomodando, com água para soltar a sujeira sem machucar.

8. Unhas
Mesmo que você lave as mãos antes das refeições, há o risco de as bactérias entrarem no organismo, juntamente com a comida. Por isso, os especialistas recomendam que você corte as unhas frequentemente e utilize uma escova especial para fazer a limpeza.

Evite remover a sujeira que se acumula nas unhas com as suas próprias unhas, pois, desse jeito, você só estará espalhando as bactérias. Mesmo assim, continue lavando bem as mãos antes das refeições ou de mexer com alimentos, crianças e as partes do seu corpo com mucosa, como nariz, olhos, boca e genitais.

9. Intestinos
Há mais de 400 tipos de bactérias nessa região do corpo. Muitas delas, como os Lactobacilos bifidus, não nos fazem mal e até são muito importantes para a saúde e manutenção da microbiota intestinal e do sistema imunológico. Contudo, existem outras que podem provocar distúrbios digestivos, desde intoxicações leves até condições inflamatórias mais sérias. Por isso, a melhor forma de manter os intestinos “limpos”, é manter uma alimentação saudável, beber água filtrada e ter uma boa higiene pessoal, especialmente antes de mexer com os alimentos.

10. Umbigo
Geralmente, uma pessoa tem, aproximadamente, 67 tipos de bactérias no umbigo, fazendo com também esteja na lista das partes mais sujas do corpo. A maioria desses bichinhos é uma variação do estafilococo. Mas, em certos casos, há germes desconhecidos que também encontram uma forma de se instalarem no umbigo. Por isso, nunca se esqueça de lavar essa parte da barriga, sempre que você for tomar banho. Lave com água e sabonete para que a sujeira solte com facilidade, mas tenha delicadeza, pois a pele do umbigo é muito sensível.

Fonte: Dicas Online - https://www.dicasonline.com/partes-mais-sujeira-corpo/

Recomendado para você pelo google

VISITA DO PRESIDENTE

VÍDEO: Prefeito de Campina Grande solicita a Bolsonaro duplicação da BR-230 de Campina ao sertão da PB

DESTAQUE NACIONAL

VÍDEO: Juizado Especial Misto de Cajazeiras atinge um dos melhores índices de atendimento do Brasil

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: ortodontista sousense revela as orientações para manter a saúde bucal das crianças em dia

MÚSICA E ORAÇÃO

VÍDEO: 5º Show Pela Paz em Cajazeiras bate recorde de público com show do artista católico Thiago Brado