header top bar

section content

VÍDEO: Cantor da região de Cajazeiras diz que consumo de drogas nas festas dificulta fechar contrato

Artista expôs sua opinião sobre falta de apoio do poder público e da iniciativa privada às bandas de forró

Por Jocivan Pinheiro

22/04/2019 às 18h28 • atualizado em 22/04/2019 às 20h54

Durante a participação da banda Forró da Pisadinha no programa Acústico Diário, da TV Diário do Sertão, o veterano cantor Maurício do Acordeon expôs sua opinião sobre a falta de apoio do poder público e da iniciativa privada às bandas de forró locais.

Na ocasião, Maurício, que é da cidade de São José de Piranhas e tem mais de 20 anos de carreira, reclamou da falta de oportunidade para tocar nas festas públicas da região: “Palco e público são muito importantes para nós que somos pequenininhos a nível de mídia”, disse.

Em seguida, o cantor falou que está difícil fechar contratos com promotores de eventos porque o consumo de drogas nas festas está afastando as ‘pessoas de bem’.

“Os promoventes [sic] de festas deveriam investir mais em segurança. Sabemos que a droga é um problema mundial. Jamais alguém vai conseguir consertar. Mas o cidadão de bem, infelizmente, tem uma certa exclusão. Ele deixa de participar da festa e às vezes poderia ser nosso cliente”.

VEJA TAMBÉM: Após apelo na TV Diário do Sertão, banda de forró que poderia acabar por falta de teclado realiza sonho com novo instrumento

SHOW DIÁRIO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Secretária de Cajazeiras revela que lixão começou a funcionar irregular na cidade e falou de ação no MPF

JÁ GANHOU NOVE MEDALHAS

VÍDEO: Garotinho campeão de karatê vende trufas em Cajazeiras para participar do Mundial em Fortaleza

COBRANÇA

VÍDEO: Radialista diz que oposição deixa o prefeito de Sousa ‘à vontade para cometer irregularidades’

EVANGÉLICO DE OPOSIÇÃO

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que Bolsonaro está destruindo o país e não levou facada: “Foi uma farsa”