header top bar

section content

VÍDEO: UFPB realiza laboratório para jovens roteiristas de cinema em cidade do Alto Sertão do estado

O Jabre é uma experiência de criação e aprendizado que tem por finalidade a descentralização da produção audiovisual na Paraíba

Por Jocivan Pinheiro

10/04/2019 às 16h24

A Coordenação de Extensão Cultural (COEX) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) realiza entre os dias 9 e 12 de maio o “Jabre”, laboratório para jovens roteiristas de cinema que leva esse nome por conta do ponto mais alto do estado, o Pico do Jabre.

O laboratório é uma experiência de criação e aprendizado que dessa vez acontece na Serra de Santa Catarina, em Nazarezinho. Tem por finalidade a descentralização da produção audiovisual no estado.

VEJA TAMBÉM: Premiado em São Paulo e na Itália, filme é exibido na Fazenda Acauã, na região de Sousa

Cada candidato pode apresentar apenas uma proposta contendo os seguintes itens: identificação, argumento e relevância da abordagem do tema. As propostas deverão ser enviadas para o e-mail laboratoriojabre@gmail.com.

Laboratório vai acontecer na Serra de Santa Catarina, em Nazarezinho

Os argumentos apresentados deverão ser destinados à produção de obras audiovisuais de curta-metragem (filmes de até vinte minutos de duração). Os candidatos deverão ter idade mínima de 18 anos. Todos os selecionados terão explanações sobre a linguagem do cinema durante a realização do laboratório.

O Jabre é responsável por um bom número de filmes produzidos na Paraíba e que têm circulado em todo o Brasil e até fora do país.

SHOW DIÁRIO

Recomendado para você pelo google

DESPEDIDA

VÍDEO: Chorando, filha de Raimundo Ferreira conta como foram últimos dias do pai antes de morrer

CULTURA

VÍDEO E FOTOS: Jovens e adolescentes de Monte Horebe realizam apresentações culturais no Teatro Ica

VÍDEO!

AJUDE: Pai pede ajuda para salvar filho atingido a tiros em São Paulo após reagir a um assalto

ASSISTA!

PRA MORRER DE RIR: em clima de São João, youtuber sousense faz sucesso levando a ‘gata’ pro forró