header top bar

section content

As melhores dicas para evitar a fragilidade dos ossos a partir dos 40 anos

Você pode obter a quantidade diária de cálcio recomendada consumindo alimentos como sardinha, vegetais verdes (couve, brócolis e repolho), melaço, nozes, ameixas e uma série de outros alimentos nutritivos.

Por Cura pela Natureza

09/08/2018 às 10h24

A fragilidade dos ossos conforme a idade

Osteopenia é a perda de densidade mineral óssea. O que isso significa? Que com o surgimento desse problema, nossos ossos perdem a densidade e a resistência.

A situação não é tão grave quanto a osteoporose. Para você ter ideia, nem causa dores. No entanto, precisa ser tratada, pois pode evoluir a causar doenças graves.

As principais causas da osteopenia são:

Excelente truque que vai deixar suas toalhas velhas como novas
Enfim, a verdade: uma mulher pode ou não engravidar de novo durante a gravidez?

1. Idade

O avançar da idade é uma das principais causas da baixa densidade mineral óssea.

A velhice faz com que os ossos começam a perder minerais, peso (massa) e estrutura, o que os torna mais fracos e mais propensos a quebrar.

2. Distúrbios alimentares

3. Problemas de metabolismo

4. Quimioterapia

5. Exposição à radiação

6. Genética

7. Magreza em excesso

8. Falta de atividade física adequada

9. Tabagismo

10. Consumo regular de refrigerantes e quantidades excessivas de álcool

As mulheres são as mais propensas à doença do que os homens.

Se você percebe que se enquadra na categoria de alto risco de osteopenia, procure melhorar o estilo de vida.

Mudanças simples no estilo de vida e na dieta podem ser feitas para evitar a perda da densidade mineral óssea e a progressão da osteoporose.

Separamos algumas dicas para ajudar.

Confira:

1. Consuma alimentos ricos em cálcio

Você pode obter a quantidade diária de cálcio recomendada consumindo alimentos como sardinha, vegetais verdes (couve, brócolis e repolho), melaço, nozes, ameixas e uma série de outros alimentos nutritivos.

Se você não conseguir, procure um médico ou nutricionista para indicar um bom suplemento de cálcio.

Caso siga a linha vegana, pode investir em suco de couve com laranja diariamente.

2. Aumente a ingestão de vitamina D

A vitamina D é outro nutriente importante que garante a saúde óssea e desempenha um papel fundamental na redução do risco de osteopenia.

Ela também ajuda o corpo a absorver melhor o cálcio.

Pesquisas já provaram que a deficiência de vitamina D é um fator significativo na osteoporose e osteopenia.

Se você tem alguma carência desse nutriente, consuma ovos, salmão, sardinha, espadarte e alimentos fortificados, como cereais e suco de laranja.

Mas a melhor forma de absorver essa vitamina é a exposição ao sol.

O corpo produz vitamina D quando é exposto ao astro-rei.

Por isso, não custa nada tomar um banho de sol por 10 ou 15 minutos diariamente.

3. Faça exercícios

O exercício regular é benéfico para a saúde geral, incluindo a dos ossos.

Para evitar qualquer problema de fraqueza, faça atividade física por pelo menos 30 minutos.

Caminhar, dançar, correr e pedalar são ótimas opções.

4. Pare de fumar

Fumar é prejudicial para a saúde óssea, atingindo principalmente os quadris, a coluna lombar e o antebraço.

Fonte: https://www.curapelanatureza.com.br/post/08/2018/melhores-dicas-para-evitar-fragilidade-dos-ossos-na-velhice

ENTREVISTA ESPECIAL

DIA DO MÉDICO: Um dos médicos mais respeitados de Cajazeiras relata fatos marcantes do seu ‘sacerdócio’

RESULTADOS MARCANTES

VÍDEO: Na capital, jornalista cajazeirense avalia vitória de Azevêdo e derrota de Cássio: “Foi um marco”

ACONTECE EM NOVEMBRO

VÍDEO: Secretária da Prefeitura e gerente do Sebrae dão detalhes sobre a feira Expo Negócios Cajazeiras

EPISÓDIO 5

VÍDEO: Programa Coisas de Cajazeiras especial reverencia os mestres na arte de educar: os professores