header top bar

section content

Pedro Scooby se explica após beijo gay: “Não tenho preconceito”

Apesar da polêmica, o ex-namorado de Anitta ressaltou gostar apenas de mulheres:

Por MSN

08/10/2019 às 14h20

Pedro Scooby (Foto: Instagram)

Após uma grande repercussão, Pedro Scooby comentou sobre o selinho que deu em Matheus Mazzafera durante um dos shows do Rock In Rio. Pelo Instagram, na última segunda-feira (7), o bonitão falou que as pessoas deram uma atenção desnecessária ao assunto.

VEJA TAMBÉM:

“Eu sou um cara que já sou do esporte, que é muito preconceituoso, muito machista. E, de repente, eu tenho essas atitudes para provar que não tenho preconceito nenhum e não tenho medo de ser gay”, disse o famoso.

Apesar da polêmica, o ex-namorado de Anitta ressaltou gostar apenas de mulheres: “Se eu fosse gay, seria um cara que assumiria, com certeza. Seria muito feliz por isso. Mas eu sou um heterossexual, bem resolvido e tudo certo. Continuo seguindo minha vida”.

Em outro post, o surfista deixou uma crítica para quem continuou dando trela ao tal beijo no amigo no festival, que teve diversos momentos de militância, mas foram ignorados. “O vocalista do Imagine Dragons falou coisas incríveis, defendeu causas sobre depressão, perder pessoas queridas, homofobia e nada disso foi falado. Fico triste em saber como os valores das pessoas são invertidos”, reclamou.

Pedro está solteiro desde agosto, quando chegou ao fim seu relacionamento com a musa de “Show das Poderosas”. Rápido, ele engatou um affair com Cintia Dicker, mas afirmou que não quer nenhum compromisso sério.

Tags:

Recomendado para você pelo google

ECONOMIA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe empresário José Kennedy e debate sobre o setor calçadista no Brasil

JUSTIÇA

VÍDEO: Xeque Mate promove debate entre promotor e advogado sobre nova lei de abuso de autoridade

IML DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: João Azevêdo inaugura Instituto de Polícia Científica e autoriza mais uma obra para Cajazeiras

EXCLUSIVO

VÍDEO: Em Cajazeiras, ex-ministro de Dilma fala sobre possibilidade de ser candidato a prefeito de SP