header top bar

section content

Assassino é condenado à morte pela segunda vez após sobreviver à execução anterior

Um assassino condenado à morte sobreviveu a uma tentativa de execução há sete anos e agora será exposto a uma nova

Por Redação Diário

17/03/2016 às 18h32

Romell Broom, assassino condenado à morte, sobreviveu à primeira tentativa de execução há sete anos e agora será exposto a uma nova, em Ohio, EUA. Foto: Reuters

O Supremo Tribunal de Ohio, EUA, decidiu pela segunda tentativa de execução de Romell Broom, de 49 anos de idade.

Em 2009 a primeira tentativa não foi exitosa. As autoridades falharam 18 vezes em dar-lhe uma injeção intravenosa para administrar a dose letal utilizada no processo.

Agora o condenado está prestes a se tornar a primeira pessoa para a qual uma segunda execução será refeita na América desde que a Suprema Corte dos Estados Unidos restabeleceu a pena capital em 1976.

Broom foi condenado em 1984 por sequestrar, estuprar e matar Tryna Middleton, de 14 anos, que foi pega na rua enquanto voltava para casa depois de um jogo de futebol americano em East Cleveland, Ohio.

Ele também tinha condenações por roubo e quatro acusações de sequestro de um menino, bem como outra condenação por estuprar uma menina.

Nenhuma data ainda foi marcada para sua execução. No ano passado o estado de Ohio adiou todas as execuções programadas até o ano de 2017, devido à dificuldade em conseguir os medicamentos necessários para as injeções letais.

Foto: Do Gadoo com Mirror

Recomendado para você pelo google

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC

REFORMA AGRÁRIA

VÍDEO: Coordenadora da CPT Sertão afirma que terras são um direito dos camponeses e não do agronegócio