header top bar

section content

Botafogo-PB quebra silêncio e reclama de seletividade midiática: “Por que só o Belo?”

Posicionamento foi proferido pela advogada do clube, Herleide Herculano, que tratou também de defender o time das suspeitas de manipulações de resultados no Campeonato Paraibano

Por Globo Esporte PB

17/05/2018 às 12h43

Advogada do clube fez pronunciamento

O Botafogo-PB, enfim, resolveu quebrar o silêncio. O clube divulgou em suas redes sociais, na noite desta terça-feira, um vídeo com a advogada do clube Herleide Herculano dando a versão Belo sobre os fatos que envolvem o Alvinegro da Estrela Vermelha na investigação da Polícia Civil e Ministério Público que apura supostas manipulações de jogos e compras de árbitros no futebol paraibano. A defensora do clube adotou um discurso de crítica ao tratamento midiático que o Botafogo-PB vem tendo e questionou: “Por que só o Belo?”.

A ideia foi refletir sobre o fato de que outros agentes do futebol, como dirigentes de outros clubes e árbitros também estão na mira da Operação Cartola. O time pessoense é investigado de manipular resultados de jogos do Campeonato Paraibano e as escalas de arbitragem das partidas.

No vídeo, que foi concebido como uma mensagem para os torcedores do clube, a advogada defende que o Botafogo-PB tem ajudado desde o início as investigações e que não compactua com qualquer ato de ilicitude desportiva.

– São apenas investigações no momento. Não há a certeza daquilo que se está cogitando ou interpretando como uma atuação criminosa. A operação traz o objetivo de esclarecer se há ou não crime de manipulação de resultados, que venham a ferir o Estatuto do Torcedor. Devido a algumas entrevistas que foram veiculadas, tanto regional quanto local e nacional, praticamente vimos apenas a exposição do nossos Botafogo-PB. Por que o Belo? A investigação também traz outras personalidades. A questão de outros clubes, árbitros. Nós somos um dos investigados – avaliou a advogada.

De acordo com relatórios da Polícia Civil, o presidente do clube, Zezinho Botafogo, e o vice de futebol, Breno Morais, articularam nos bastidores benefícios ilícitos em jogos, com árbitros e o ex-presidente da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol, José Renato. Interceptações telefônicas realizadas pela polícia registraram a atuação dos dirigentes na busca de influenciar resultados do torneio estadual.

O posicionamento se dá um dia depois de vários torcedores do Botafogo-PB terem cobrado em massa a renúncia de Zezinho e Breno nas redes sociais. O clube, inclusive, em um dos seus perfis, desativou a possibilidade de usuários comentarem na página do Belo.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/times/botafogo-pb/noticia/botafogo-pb-quebra-silencio-e-reclama-de-seletividade-midiatica-por-que-so-o-belo.ghtml

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio