header top bar

section content

Marca alemã cria biquíni em formato de pênis

Objetivo das criadoras do "dickini" é transformar o maior símbolo de poder e masculinidade dos homens em algo simplesmente trivial aos olhos dos outros

Por Priscila Belmont

03/12/2017 às 08h00 • atualizado em 02/12/2017 às 12h17

Dickinis são vendidos em diferentes cores e materiais, e os feitos de couro, que remetem mais ao fetiche, já estão esgotados

Uma marca de roupas alemã transformou um “simples” biquíni em sua marca mais conhecida. Bem, a ideia pode parecer simples, mas a verdade é que a peça é tão ousada que algumas pessoas decretaram na internet que é a pior peça já criada na história.

Trata-se de um biquíni em formato de pênis , chamada de “ dickini ”, uma junção das palavras “dick”, que significa pênis em inglês, e biquini. A peça é vendida em diferentes cores e materiais, por valores que variam entre €125,00 (aproximadamente R$484,00) e €225,00 (R$871,00).

Apesar de muitas pessoas terem detestado a peça e acharem que ela é de puro mau gosto, outras pessoas amaram tanto que algumas das versões da peça já estão até mesma esgotadas, de acordo com o site da marca.

Mas porquê?

Nan Li e Emilia Pfohl são as mulheres por trás da marca Namilia, criadora do dickini. Segundo o perfil da empresa, as roupas são uma forma de se posicionar contra as regras comuns e percepções de feminilidade tradicionais.

Em entrevista ao site da revista “Galore”, as criadoras explicam que o dickini realmente se tornou uma assinatura da marca, e que elas sempre voltam a peça em cada coleção nova de uma forma diferente. “Queremos desafiar a ideia de que o imaginário sexual é algo baixo ou um tabu. Se você pensar nos anos 90 ou começo dos anos 2000, a moda sexy e erótica era muito mais aceita e celebrada. Nós realmente celebramos a liberdade sexual e a vemos como uma nova forma de empoderamento.”

Na internet, biquíni em formato de pênis dividiu os internautas: alguns dizem que é a pior peça já criada, já outros amaram

Questionadas se as peças são mais “instragamáveis” do que realmente para se usar como qualquer outra peça mais básica, Nan e Emilia afirmam que têm noção de que o dickini só é usado por quem realmente quer ser o centro das atenções. Mas isso não é um problema para elas, que afirmam que já existem marcas suficientes com roupas para o dia a dia.

Reportagem do site “Out” mostra também outra visão das criadores sobre o biquíni. Nan e Emilia explicaram na entrevista que o pênis é quase intocável para os homens, já que é um símbolo de poder e orgulho quando se fala em masculinidade e patriarcado, quando os homens têm o domínio do poder e liderança na sociedade. “Transformá-lo em um elemento decorativo fofo e feminino é nossa forma de deixá-lo mais trivial”, explica a dupla.

Delas – iG

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!