header top bar

section content

Cajazeirense é premiado em festival internacional de Brasília; Mais sete paraibanos estão na lista

À redação do Diário do Sertão, o cajazeirense Cassiano Maia falou da premiação e comemorou o resultado.

Por Luzia de Sousa

06/11/2017 às 09h55 • atualizado em 06/11/2017 às 10h01

Cajazeirense é premiado em festival de Brasília (Foto: Arquivo Pessoal)

O cajazeirense Cassiano Maia foi um dos premiados no Festival Brasília Photo Show, um concurso internacional de fotografias, realizado em Brasília. A premiação ocorreu nesse sábado (4).

Entre as 9.040 fotografias, incluindo profissionais e amadores, 402 fotos foram selecionadas, e uma paisagem de Cajazeiras, Sertão da Paraíba, com o tema “Amanhecer no Sertão”, fotografada de celular levou medalha de bronze.

Como Cassiano não pode receber a premiação, passou procuração para uma irmã que mora no Distrito Federal lhe representar.

À redação do Diário do Sertão, Cassiano Maia falou da premiação e comemorou o resultado. Para ele, o que mais lhe chamou a atenção foi o fato de que a foto feita de celular foi selecionada entre milhares de fotografias que concorriam a importante premiação.

Cajazeirense recebe premiação em Brasília (Foto: Arquivo Pessoal)

Além de Cassiano Maia, mais sete paraibanos foram premiados nesse festival internacional. Veja Lista!

Renan EpifânioLunar
Eduardo SantosAposentado
Danielly Vieira Inó EspíndulaCéu de expectativa
kelma CavalcanteA casa que vovó morou
Rogerio AvelinoAté quando esperar?
Luciana Da Silva DuarteSombras na janela.
Severino Rogério JuniorO Vendedor de Alegrias

.

História
Na primeira edição (2015/2016), a organização do festival recebeu 5,4 mil fotos. Duas mil imagens foram habilitadas, depois de uma curadoria da equipe do BPS, para postagem no Facebook, despertando curtidas, comentários, compartilhamentos. Ao todo foram mais de 5,2 milhões de visualizações auditadas pela rede social.

Na segunda edição (2016/2017), quase 7 mil inscrições foram recebidas e 4,8 mil habilitadas e postadas no Facebook depois da curadoria do idealizador, gerando cerca de 10 milhões de visualizações auditadas pela rede social. “Recebemos desde imagens de pessoas que jamais pegaram em um equipamento profissional e capturaram, do smartphone, momentos com a exuberância e a beleza de um trabalho artístico, até fotos de profissionais que registram seu trabalho na National Geographic”, explica.

A partir daí, o público conectado ao Facebook e uma equipe de curadores ligados a galerias de arte – que trabalharam informalmente na escolha – chegaram aos mais de 600 trabalhos impressos nos livros já lançados (306 em cada edição). As publicações chamam a atenção pela estética e qualidade editorial.

SHOW DIÁRIO 

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia

VÍDEO!

CONTRA MÃO: Aliado do prefeito de Cajazeiras critica políticos de Brasília, mas admite votar em “golpista”